Carro Forte. Feito para ser imponente, estálonge de ser confortável

Carro Forte. Feito para ser imponente, estálonge de ser confortável

Carro Forte. Feito para ser imponente, está longe de ser confortável . Mostramos como é o novo Constellation 24.280 8×2 transformado para a Protege

Você já viu um carro-forte na rua e teve curiosidade em saber como ele é por dentro? Será que é como um tanque de guerra? O que oferece a motorista e ocupantes?

Para começar a responder essa pergunta, vamos dizer que o carro-forte é um caminhão adaptado. Isso mesmo. Customizado, como se diz, para o transporte de valores.

Nesta reportagem mostramos o novo Volkswagen Constellation 24.280 8×2 transformado para a empresa de transporte de valores Protege, do Rio. Ele é fabricado em Resende (RJ) pela MAN Latin América.

Esse modelo se diferencia dos demais por ser o primeiro do mercado equipado com cabine estendida. Por dentro ele não é exatamente feito para ser lá muito confortável. O painel é de caminhão.

Bem no centro do painel há um botão de emergência, que deve ser acionado em caso de assalto. Ele mobiliza uma equipe especializada que se encarrega de acionar polícia e o aparato necessário para livrar o veículo de um ataque, por exemplo.

No alto há um radiocomunicador. Dentro, dois bancos ao lado das janelas, que servem para monitorar o que acontece do lado de fora.

Desenvolvido em parceria pela engenharia brasileira da MAN e da MIB Blindados, implementadora nacional de carrocerias, o caminhão permite o transporte de cargas de valores maiores, atendendo a uma demanda crescente no Brasil.

Em razão da cabine avançada, o modelo é um metro menor em comprimento se comparado com outros que rodam pelas ruas, ganhando agilidade em sua circulação – tudo para garantir mais segurança durante o transporte e a condução. A capacidade maior de carga pode servir para o transporte de mais moedas. O veículo tem 29 toneladas de PBT (peso bruto total) e pesa 8 toneladas.

“O transporte de valores e de cargas valiosas é um importante segmento de transporte para a MAN”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da empresa.

No total a empresa já ultrapassou a marca de 1.100 chassis de carros-fortes comercializados no Brasil e no exterior.

 

 

Fonte: Carpress

Sobre o Autor

Marco Aurélio administrator

error: Content is protected !!