Seguro DPVAT: indenizações para motoristas, passageiros e pedestres

Seguro DPVAT: indenizações para motoristas, passageiros e pedestres

O Seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores por Via Terrestre) indeniza as vitimas de acidentes de trânsito nas situações de morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médico-hospitalares.

Nos casos com vítimas fatais, o seguro cobre a morte de motoristas, passageiros ou pedestres, causadas por veículos automotores de via terrestre ou cargas transportadas por esses veículos, em atropelamentos, colisões e outros tipos de acidentes. O valor da indenização é de R$ 13.500,00 por vítima e os beneficiários são os herdeiros da vítima.

De acordo com a Lei 11.482/07, para acidentes ocorridos desde 29 de dezembro de 2006, o valor da indenização é dividido simultaneamente, em cotas iguais, entre o cônjuge ou companheiro (50%) e os herdeiros (50%). Conforme a quantidade de herdeiros, a cota é fracionada em partes iguais.

Se o acidente ocorreu antes de 29 de dezembro de 2006, o cônjuge ou companheiro recebe primeiro a indenização e, na falta destes, os filhos ou, nesta ordem, os pais, avós, irmãos, tios ou sobrinhos.

Indenizações para invalidez permanente

O Seguro DPVAT também cobre os casos de invalidez permanente, total ou parcial, que acontecem em decorrência de acidentes com veículos de via terrestre ou cargas transportadas por esses veículos.

Vale lembrar que a invalidez permanente total ou parcial compreende a perda ou redução, em caráter definitivo, das funções de um membro ou órgão. A impossibilidade de reabilitação deve ser atestada por perito.

O beneficiário é a própria vítima e a indenização é de, no máximo, R$ 13.500,00. Os valores variam conforme a gravidade das seqüelas e de acordo com a tabela do Seguro de Acidentes Pessoais.

Reembolso de despesas médicas

O Seguro DPVAT também reembolsa despesas médico-hospitalares pagas por pessoa física ou jurídica pelo tratamento de lesões provocadas por veículos automotores ou por cargas transportadas por esses veículos.

O valor do reembolso é de R$ 2.700,00 por vítima, variando conforme a soma das despesas cobertas e comprovadas, aplicando-se os limites definidos pela Susep.

O beneficiário é a própria vítima. Para acidentes que envolvem menores de 16 anos, a indenização será paga aos pais ou ao tutor. Já para vítimas entre 16 e 18 anos, a indenização será paga ao menor, desde que assistido pelos pais. Se houver um tutor, é necessária a apresentação de Alvará Judicial.

Para mais informações, acesse o site www.dpvatseguro.com.br

Sobre o Autor

Marco Aurélio administrator

error: Content is protected !!